tudo está em seu lugar

nasço onde preciso conhecer certas pessoas
vivo onde preciso conhecer certas pessoas
parto para conhecer novas certas pessoas
encontro por aí determinadas pessoas

aprendo muito com elas
construo com elas
navego com elas
rio com elas

nesse caso,
por tudo eu agradeço;
os acasos
os tropeços
as rodas
e raios
e papéis
os sons
filmes
livros
gargalhadas piadas gafes
viagens roles
cervejas
beijos
et ceteras.

nesse caso,
sou piegas mesmo,
agradeço esses laços todos
com essas pessoas todas que,
num emaranhado,
dão um sabor ímpar à essa existência,
tornando-a um pouquinho menos medíocre do que ela é.

um sabor de sorte.

da transmutação do tudo em nada ou do nada em tudo

quanto mais ando mais quero andar quanto mais sei mais quero saber mas quanto menos quero melhor estou quanto menos almejo ...