agradecimento

dessas manhãs de inverno
desses dias eternos
                   aqui dentro

cores opacas
blusa de alpacas
chá de frutas e flores
chá e tabaco
vento pacato

mas tantas contas a pagar
tantas coisas a acabar
a definir, a se pensar
resolver, finalizar

mas... ali tem
livros de poesia
rituais de magia
plantas na janela
incenso de sândalo
early reggae
solzinho
cafézinho
arte

e a vida segue
leve
na sua tensão
em sua extensão
fazendo infinitas transmissões
contatos
ruídos
vibrações
tudo fluindo na
sua torrente
adequada
pertinente,
lânguida
serena
enveredando essa terra sem fim

Nenhum comentário:

Postar um comentário

livramentos

me perco nas palavras bonitas nas frases bem ditas das linhas benditas que são escritas em livros de todos os tempos logo, me perco no ...