Lógica Contemporânea

 
sem título por Jim Warren

   os dias
correm lentamente
alegres e deprimentes
doces e ácidos.
e um tanto trágicos,
noutro continente...mas
em caso caótico,
é cair no neótico.
aprofundar
   absorver
     abstrair
temos novos retratos do inferno,
   e o tal comportamento pós-moderno,
     - o indivíduo, o fluxo, e o ócio...
         sintetizados e efêmeros
         com somas que deixam o mundo macio e dócil
      flutuamos na balbúrdia
      fazemos coisas absurdas
      balançamos bem alto
      deixamos rastros
      descolamentos atrais
      fendas temporais
  e        lapsos
      os sentidos trabalham juntos
      a fim de chegar numa espécie de
sentido consentido.
é onde cada caminho percorrido,
   cada arrepio que seja sentido,
     e inclusive cada falha,
                    cada anomalia do sistema,
                    cada circuito, cada esquema,
      faz parte de algo maior,
      duma consciência,
      duma existência,
      um grão de areia talvez,
      dentro de uma cadeia talvez,
      dentro de um oceano infinito,
      refletido em espelhos infinitos,
      cheios de corpos celestes
      e poeira cósmica,
                         
ou qualquer coisa assim.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

da transmutação do tudo em nada ou do nada em tudo

quanto mais ando mais quero andar quanto mais sei mais quero saber mas quanto menos quero melhor estou quanto menos almejo ...